CASTRAR OU NÃO CASTRAR? EIS A QUESTÃO.

ENTENDENDO O VERME DO CORAÇÃO!
6 de abril de 2017
CIRURGIA POR LAPAROSCOPIA – Ela merece ou não uma castração menos dolorosa?
26 de maio de 2017
Exibir tudo
Frequentemente essa dúvida assombra os donos de pets que visitam os consultórios veterinários e aqui vai a resposta definitiva. Mas antes disso, vamos conversar a respeito da castração?
A castração nos machos é feita com a remoção dos testículos e nas fêmeas normalmente com a remoção dos ovários e do útero (discutiremos esse assunto em breve).
Historicamente, há muitos anos acontecia a indicação de que a castração era ruim e fazia mal e com o tempo provou-se que isso não era verdade e então a castração passou a ser recomendada, mas somente após pelo menos um cio nas fêmeas. Mais um tempo se passou e houve estudos comprovando os benefícios de se castrar o animal mais cedo (nesse caso, a indicação era para evitar a ocorrência de tumores de mamas nas fêmeas), antes até do primeiro cio ou do desenvolvimento sexual completo e isso passou a ser regra, com recomendações e com pessoas achando absurdo um animal não ser castrado. Hoje em dia vivemos um momento em que já se sabe que a castração muito precoce pode prejudicar o animal de várias formas e que não castrar pode ser uma opção válida. Sendo assim a resposta à pergunta inicial deve ser: DEPENDE! Depende da sua vida, dos seus anseios e de como você lida com as informações que vai receber a seguir.

Existem vantagens e desvantagens em ambas as decisões, mas que provavelmente você não sabe e por isso não podia decidir por si. Seguem algumas questões importantes:

O QUE NÃO MUDA SE EU CASTRAR MEU ANIMAL?
* Castrar ou não um animal não tem nenhuma relação com o fato dele viver mais ou menos.

* Normalmente o comportamento dele será o mesmo depois de castrado, em alguns casos raros o animal ficar menos ativo, mas isso não é a regra, embora essa seja uma das maiores preocupações ou intenções quando se deseja castrar um animal.

QUAIS AS VANTAGENS DE CASTRAR MEU ANIMAL?
* O animal não tem mais a capacidade de reproduzir e, se isso for realmente desejado, é uma vantagem.

* Castrar uma fêmea precocemente pode realmente reduzir (quase eliminar) as chances de ocorrer neoplasias mamárias (responsáveis por algo em torno de 25% das neoplasias caninas).

* Um macho castrado não desenvolve tumores de testículo e hiperplasia prostática e a fêmea não apresenta problemas uterinos e ovarianos, como piometra e tumores ovarianos.

* O comportamento social de machos e fêmeas desaparece, ou seja, fica muito reduzida a chance de um macho urinar para demarcação territorial, além disso as fêmeas não apresentam mais cio e sangramento do ciclo estral.

QUAIS AS DESVANTAGENS DE CASTRAR MEU ANIMAL?
* O animal não tem mais a capacidade de reproduzir e, se isso não for realmente desejado, é uma desvantagem.

* Um animal castrado tem pelo menos duas vezes mais chances de tornar-se obeso e isto sim, definitivamente pode reduzir a vida do seu pet, além de deixá-lo menos ativo, mais apático e menos participativo em atividades do dia a dia.

* A castração pode propiciar outros problemas, tais como incontinência urinária, desde dias após o procedimento até muitos anos depois, sendo então confundido com incontinência pela idade avançada.

* A castração muito precoce pode atrapalhar o desenvolvimento de vários sistemas, inclusive o imunológico.

* Um animal castrado antes do desenvolvimento sexual não desenvolve seu órgão sexual, portanto tanto machos como fêmeas ficarão com órgãos sexuais infantis, o que pode dificultar ou impedir procedimentos como sondagens uretrais ou até mesmo a expulsão de cálculos urinários naturalmente.

* Associando-se a obesidade ao órgão sexual infantil, muitos animais passam a ter problemas de pele na região periférica ao prepúcio e à vagina, apresentando “assaduras” e irritações de pele pela presença de urina nas dobras de pele em decorrência do peso aumentado.Concluindo:
Não existe um certo ou errado, tudo depende da sua rotina, dos seus interesses e do que você deseja para o seu pet.
É comum encontrar situações onde há arrependimento por ter tomado uma iniciativa e a intenção aqui é mostrar o que é mais comum se encontrar após uma ou outra decisão, para que surpresas posteriores sejam menos prováveis de acontecer.
Qual é a sua experiência com a castração? Você foi bem informado(a) antes de decidir? Qual foi o resultado? Compartilhe aqui sua opinião e ajude outras pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *